Tire suas dúvidas sobre a liberação antecipada do PIS/Pasep

O governo federal divulgou o calendário da liberação antecipada do PIS/Pasep, o a MP 797/2017, em vinte e oito de setembro. Os trabalhadores com mais de 70 anos serão os primeiros a receber o dinheiro. Os beneficiários que estiverem com o cadastro em dia no banco receberão o dinheiro automaticamente em suas contas bancárias.

O saque de recursos do fundo já é liberado para pessoas a partir de 70 anos de idade. A novidade introduzida pela equipe de Michel Temer por meio da Medida Provisória 797/2017 está na redução dessa faixa etária: terão acesso ao saque das cotas do fundo mulheres com 62 anos ou mais e homens com mais de 65 anos.

Segundo informações divulgadas pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, essa medida deve aumentar muito o volume de retiradas mensais do PIS/Pasep, de R$ 104 milhões para R$ 2,6 bilhões.

Por isso a necessidade de se estipular um calendário e também de se investir na divulgação do benefício e de como ele poderá ser retirado. Somente em número de atendimentos, as solicitações para saques deverão subir de 56 mil para 1,3 milhão por mês, e os bancos precisarão se preparar para essa demanda.

Quem precisar transferir o dinheiro de um banco para outro não terá custos para fazer isso.

Quem tem direito ao saque

Trabalhadores cadastrados no fundo PIS/PASEP até 04/10/88 e que ainda não sacaram o saldo de cotas na conta individual de participação, com idade igual ou superior a 62 anos para mulheres e 65 anos para homens independentes de estar recebendo algum benefício previdenciário.

 

Aposentados também seguirão calendário de pagamentos. Cada trabalhador tem direito a apenas uma cota

Como verificar o cadastro para receber o dinheiro na conta

Há duas maneiras para os trabalhadores do setor privado consultarem suas informações referentes ao PIS. A primeira é pelo Aplicativo Caixa Trabalhador, disponível na página do PIS no site da Caixa. Nele, basta escolher as abas “Você”, “Serviços Sociais”, “PIS”, “Consulta o Pagamento” para verificar os dados.

A outra forma de verificar o cadastro é pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207. Se preferir, o trabalhador também pode ir pessoalmente a uma agência da Caixa.

No caso dos empregados do setor público, os recursos estão sob a responsabilidade do Banco do Brasil. No site do banco há uma página dedicada ao programa, com informações e também um caminho para consulta de cotas.

Caso o participante do Pasep necessite regularizar o cadastro, basta comparecer a qualquer agência do Banco do Brasil e apresentar os seguintes documentos: documento de identidade; CPF; título de eleitor (se houver); carteira de trabalho – CTPS; certificado de inscrição no PASEP ou registro do número de inscrição na CTPS ou extrato do participante que pode ser obtido na própria agência.

Se o beneficiário quiser verificar o cadastro pessoalmente, basta ir a uma agência do BB com o RG em mãos.

Jornal do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *