Eleição de Macron beneficiará relações econômicas entre França e Brasil

 

Eleição do novo presidente da França, o centrista Emmanuel Macron, deve ter impactos positivos nas relações econômicas e comerciais entre Brasil e França e, mais amplamente, entre o Mercosul e a União Europeia (UE). O Brasil se beneficiaria do fortalecimento do euro e experimentaria um aumento no volume das suas exportações.

O Brasil é o principal mercado para a França na América Latina, absorvendo 2/3 das exportações francesas no continente. Para Duzert, que passa seis meses por ano em Paris lecionando na universidade Paris-Dauphine, essa posição do Brasil deve ser fortalecida no governo Macron.

MERCADO ATRAENTE

A França vai continuar a investir nas cidades brasileiras. As PPP (parcerias público-privadas) tem R$ 500 bilhões que devem investidos em dois anos. O acesso ao mercado público vai ser aberto para as empresas europeias, então o mercado brasileiro vai continuar a ser muito interessante para as empresas francesas. A nova governança e as exigências de transparência formam parte de uma nova cultura e de uma transformação que está acontecendo no Brasil, que o tornam mais atraente para a França.

Para Pedro Frizo, economista do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais, a política pró-europeia de Macron pode beneficiar o Brasil “A consolidação da UE proposta pelo novo presidente francês, principalmente depois da crise do Brexit, pode beneficiar o Brasil, já que o bloco é um dos principais mercados dos bens brasileiros. Macron defende um Parlamento e um orçamento único para a zona do euro”, explica.

O comércio mundial supõe uma série de vantagens para a economia francesa, ao beneficiar setores como o luxo, a química, a aeronáutica, a agroalimentar. Segundo o ministério da Economia francês, o país conta atualmente com 124 mil empresas exportadoras, entre elas vários pesos-pesados, como L’Oréal, Danone e Safran.

Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *